domingo, 16 de dezembro de 2012

VAI CORINTHIANS! O time de pretos, de brancos e amarelos mostra ao mundo como se vence o preconceito.

Corinthians é time de preto. Verdade. Corinthians é time de branco. Verdade. Corinthians agora é time de amarelos também. Corinthians é time de mestiços. De mulatos, cafusos, brasileiros, italianos, espanhóis, árabes e judeus. De russos, chineses e japoneses. E se existirem homens azuis, laranjas e grenás tb o será. Corinthians é time de pobre. Verdade. Corinthians é time de rico. Verdade. Corinthians é time do povo. Corinthians é time de quem vive de Corinthians e não de dinheiro. Verdade. Corinthians é time que dá orgulho. Corinthians é time que faz a gente sofrer. Corinthians é time que nos faz explodir de alegria. Corinthians é time que nos deixa emocionados. Corinthians é time que nos faz chorar. Corinthians é o prazer incontido.


Quando eu era criança os corintianos sofriam o que hoje chama-se “assédio moral”. Todas as outras torcidas nos odiavam porque éramos grandes e eles não entendiam o por quê disso, já que ficamos sem ganhar um título por 23 anos. A nossa paixão só aumentava e a torcida, que já era a maior, idem. Os “anti” piravam, de verdade. Então encontram o caminho mais pobre ( ou seria podre ?) que um ser humano pode achar: o de desqualificar o nosso Corinthians com sofríveis tentativas de nos carimbar com a marca do injustificável preconceito.

Como nos anos 1960 não existia o tal do “politicamente correto”, eu por exemplo cresci ouvindo os pseudos (e autodenominados) “elitizados” dizerem que o Corinthians era “time de pobre”. Os europeus e seus descendentes com o velho preconceito arraigado, que trouxeram na bagagm do Velho Continente tentavam desqualificar o time chamando-o de “time de pretos”. Mais tarde, os que se achavam paulistanos acima do bem e do mal diziam que éramos “time de baiano”. Mais tarde, que éramos “time de bandidos, ladrões” etc etc etc... Agrediam-nos de todas as maneiras que entendiam válidas. Era a barbárie corroendo a alma dessa gente, que destilava venenos e inverdades de toda ordem.

Continunado esse odioso “bullying”, bem mais tarde, como não tinham mais o que dizer... apegavam-se na “falta de títulos”. Depois, na falta do título BRASILEIRO (não valia Rio-São Paulo e outras competições). Mais adiante, na falta da Libertadores e, por fim, na falta do Mundial de Clubes. Ah, eu já ia esquecendo do estádio também...

Nós, corinthianos ( com “h” é nossa opção ), nos apegamos ao Corinthians e a tudo o que ele nos dá de maior: emoção e verdade. Qualidades inigualáveis que só aqueles que tÊm sabem dizê-las. Superamos barreiras, uma a uma. Hoje o time tem 2 títulos mundiais, 5 brasileiros, é o maior campeão paulista de todos os tempos e por aí vai. O nosso estádio vai abrir a Copa do Mundo no Brasil e já se desconfia que... temos não só a CAMISA MAIS VALORIZADA do PAÍS e TODA A AMÉRICA LATINA, como também a maior torcida do Brasil.

O Corinthians era, e é, time de pretos. De brancos. De Amarelos. Tem bandidos tb que torcem pelo time, certamente. Tem gente de bem. Gente de alma elevada. É time de baianos, sim. De pernambucanos. De cariocas. De mineiros. De goianos. De cearenses de montão e de paranaenses então... É time de paulistas. É um time, sobretudo, de brasileiros. O Corinthians abraçou, desde sempre, o operário paulista, o carcamano italiano, o migrande nordestino, o paulistano da gema, e vários imigrantes. Assim foi construída a nossa História. Com ACOLHIMENTO (hj tb chamada de inclusão). Um time assim, forjado na raça, ou nas raças, se amalgamou e extraiu de todos um pouco.


É esse time que foi ao Japão, supreendeu a FIFA e deixou japoneses e europeus boquiabertos, o adversário inglês inclusive. A nossa FIEL TORCIDA invadiu o Japão e transformou o estádio nipônico em um estádio brasileiro. As arquibancadas foram tingidas de preto e branco e o idioma era o português. O Corinthians atravessou os mares, virou o globo de ponta-cabeça e resgatou a DIGNIDADE DO FUTEBOL BRASILEIRO. E isto não é pouca coisa, convenhamos.

EM 102 anos de História de pura emoção, o Corinthians só cresceu. E hoje é REFERÊNCIA nacional e internacional. Não sofremos mais “assédio moral”, apenas inveja. E desta São Jorge cuida, afastando todos os demônios que pretendem perturbar a nossa alegria e paz de espírito. VAI CORINTHIANS!

sábado, 17 de novembro de 2012

Oportunismo diplomático

Primeiro, nos tratam como seres humanos de quinta categoria. Depois, como servos, "elevando-nos" à condição de SUBDESENVOLVIDOS. Em seus respectivos países, sequencialmente, tratam-nos como cachorros sarnentos e nos humilham e nos expulsam.

Agora, falidos, querem DIVIDIR A NOSSA PROSPERIDADE e nos fazem "um agrado", querendo despejar por aqui milhares de desempregados DELES, em troca de "nos fornecerem mão de obra qualificada".

Vamos ver como vai se comportar a nossa diplomacia...

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2012/11/16/espanha-quer-alianca-com-america-latina-para-enfrentar-crise.htm

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Violência em SP. Dá p´ra entender melhorar agora o que está por trás disso.

Arles Gonçalves, da OAB-SP, e o coronel José Vicente Filho participaram do programa TEMA QUENTE, da Rede TV, dia 8 último. Foi um trabalho esclarecedor, comandado pela jornalista Patrícia Zorzan.

http://www.redetv.com.br/temaquente/video/301718/a-onda-de-violencia-em-sao-paulo.html

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Medalhistas olímpicos também fazem sucesso em Plurale !

Os Medalhistas Servílio de Oliveira e Arthur Zanetti também marcam presença na PLURALE EM SITE. Confira:

http://www.plurale.com.br/noticias-ler.php?cod_noticia=12511&q=PLURALE+EM+REVISTA%2C+ESPECIAL+5+ANOS%2F+Esportes+e+Cidadania

Lula será pedra no sapato de Dilma?

Vejam o BLOG de estreia do meu amigo NAIRO ALMÉRI, excelente jornalista, hoje morando e trabalhando nas Alterosas e prestando relevantes serviços ao País.


http://nairoalmeri.blogspot.com.br/2012/10/lula-vira-pedra-no-caminho-de-dilma.html?showComment=1351546443101

Oficina de Escrita Criativa. Eu recomendo.


A jornalista NANETE NEVES é quem pilota a Oficina. Quem estiver interessado (a) precisa correr...

sábado, 27 de outubro de 2012

Fala Sério...

Vc, eleitor da capital de São Paulo, está com ânimo de votar ?

Refiro-me ao eleitor comum, como eu, não ao "profissional" que recebe dinheiro ou favores de partidos políticos.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Menomale...

Marcelinho Carioca, que "driblou" vrgonhosamente os colegas de Corinthians, dizendo que fazia um trabalho social e depois botou os depoimentos do técnico Tite e de jogadores atuais em sua campanha política SEM AUTORIZAÇÃO destes (por isso foi instado a removê-las); o também ex-jogador Ademir da Guia que em mandato anterior sofreu denúncia de desviar para si parte da remuneração de funcionários do seu gabinete; o ex-boleiro Dinei, que é uma figura muito simpática mas não sabe falar direito; o cantor Agnaldo Timóteo que vive se atirando em cima de um holofote, lâmpara caseira, chama de isqueiro ou palito de fósforo acesso pra aparecer; a ex-cantora Ângela Maria e outras "preciosidades" conhecidas do grande público foram derrotados nas urnas para a Câmara paulistana.

UFA ! Parece que o eleitor de São Paulo está ficando um pouquinho mais esperto. 

sábado, 15 de setembro de 2012

A irresponsabilidade é a marca da insanidade



Se você gosta dele ou não este é um dado irrelevante. O fato é que Karl Marx é um dos maiores pensadores da História. Precursor do materialismo histórico, Marx anda meio fora de moda há algum tempo – na mídia e nos meios acadêmicos. Mas sua obra é vasta e, volta e meia, merece ser revisitada. Não, eu não farei isso agora. E nem depois, porque não tenho o devido aprofundamento nesses estudos, mas vou recorrer a algo que ele, entre tantas outras coisas, disse: “A religião é o ópio do povo”. O pensador alemão nascido no início do século XIX, portanto há praticamente DUZENTOS ANOS, nos deixou um caminho simples para entender o século retrasado, o passado, este século e, quiçá, o próximo.

Se os espiritualistas estiverem certos, nós, humanos, ainda estamos em um período evolutivo equivalente à “infância”. Assim, partindo-se dessa premissa fica fácil imaginar que para acionar a turba ignara basta uma palavra de ordem. Uma só. E o gatilho pode der disparado da arquibancada de um estádio de futebol, de uma igreja protestante, mesquita, sinagoga, templo católico apostólico, em uma passeata estudantil, numa assembléia de grevistas e por aí afora.

E se UMA PALAVRA BASTA para insuflar a massa, imagine então se criar uma canção, uma peça de teatro ou um filme. E foi o que aconteceu nesta semana, ao ser lançado um filme satirizando o profeta Maomé, fundador do islamismo. Produzida na América do Norte, esta película satiriza Maomé colocando-o como um pervertido. Resultado: MORTE de SETE PESSOAS, entre as quais três diplomatas e o embaixador dos Estados Unidos na Líbia. E pra quem acha que isto terminou, temo dizer que não. Outras consequências de islâmicos ofendidos são perfeitamente previsíveis.

Depois desse verdadeiro caos sócio-religioso, um homem apareceu falando aos jornais, nos EUA, sobre o tal filme e se atribuindo a autoria “da obra”. Mais que isso, teria dito que arrecadou dinheiro junto à comunidade judaica para fazer o filme. Pessoalmente duvido de tudo o que ele disse.

Mas é líquido e certo que em breve vão aparecer o produtor, o diretor etc...

Desde sempre os homens guerreiam, pelos mais variados e fúteis motivos (que alguns imbecis preferem chamar de “estratégicos”). E num momento em que volta e meia se vê brigadistas árabes lançando palavras e ataques contra o estado de Israel, o exército de Israel matando palestinos, líderes muçulmanos criticando a política ocidental, separatistas saindo na mão em vários lugares do planeta, japoneses e chineses discutindo a propriedade de ilhas, Israel ameaçando bombardear o Irã e outros pequenos conflitos sem fim mundo afora... aparece um “mané” e consegue provocar a ira de aproximadamente 1.500.000.000 de muçulmanos! Isso mesmo, dados na ONU indicam a existência de mais de 1,5 bilhão de pessoas adeptas do Islã. Pra arredondar a conta, um quarto da população na Terra hoje é muçulmana.

Mas ainda que não fosse esse o número. Que ao invés de 25% do globo, os muçulmanos representassem 10%. Ou 5%, ou 2%, ou 0,03%... Isso não justificaria a falta de respeito e a provocação barata.

E para melhorar esta percepção, vamos inverter o raciocínio já que no Brasil a grande massa é de cristãos. Dá para imaginar um árabe, ou judeu, ou budista fazendo um filme cujo roteiro traria um Jesus bêbado, pedófilo, um José corneado e a Maria vai-com-as-outras ? Pela minha formação eu não consigo imaginar isso. Tampouco qual seria a reação de UM TERÇO da humanidade (estima-se que haja 2,2 bilhões de cristãos no mundo) contra este autor e, claro, seu país de origem. Pessoas, pensem: é a mesma coisa. Não custa nada lembrar aquele ditado: “Pimenta nos olhos dos outros é colírio...”

Por muito menos que isso Godard passou apertado, nos anos 1980 com o filme “Je vous salue, Marie” (Eu Vos Saúdo, Maria).

Portanto, respeito é bom e ajuda a conservar os dentes já diziam os nossos bisavós. Sábias palavras.

domingo, 9 de setembro de 2012

Valeu ae Mano.

Quando o técnico Mano Menezes foi cotado para a Seleção eu fui um de seus defensores. Mostrou conhecimento técnico, tático e disciplinar nos times em que trabalhou. Parece ser um bom caráter tb.

Iniciou um difícil trabalho de renovação à frente dos canarinhos. Mas como diz o jargão da moda - sim, o futebol tb tem modismos -, o jogo do Mano "NÃO ENCAIXA" na seleça. A defesa é dúbia, o meio-campo é sofrível e o ataque é de chorar, não de riso.   

Tantos meses de trabalho já e o técnico não definiu pelo menos 2 dos 3 goleiros que precisa ter. Pelo jeito, não definiu nenhum ainda. O último jogo, contra a África do Sul, foi triste demais. Daniel Alves e Marcelo não foram nem laterais nem alas. O meio-campo não acerta, "não encaixa" e o ataque é fraco.

Ou os jogadores detestam esse "professor" ou a coisa não virou mesmo! Como não gosto de teorias da conspiração fico com a segunda alternativa. O fato é que com esse timinho que temos, não passaremos da quarta colocação em uma Copa. E pensar nisso é desalentador. Então, que se mude já. O jogo contra a China, amanhã, não vai mudar a minha opinião em nada. Creio que nem da torcida brasileira em geral.

Valeu ae Mano. Obrigado pela força. Hasta luego compañero !    

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Garantido, né? Para os outros, não para nós. A China é a nova colonizadora.

Quando eu era criança não entendia direito certas coisas. Aí virei adolescente e as coisas ficaram ainda mais confusas. Eu queria mudar o mundo, mas não sabia direito como. Fiquei adulto. E sempre estudando... aí começaram a cair algumas fichas.


Como a esmagadora maioria (expressão que se usava muito à época) dos meus amigos e convivas, não gostava do regime militar. Não demorou e a insatisfação virou indignação. Um dos motivos - entre tantos - era o esbulho praticado contra nós pelos europeus e norte-americanos. Eles rapinavam e/ou compravam as nossas riquezas “a preço de banana” (outra expressão de época), desde sempre, processavam as nossas riquezas naturais (ouro e outros metais preciosos, soja, café etc) e nos vendiam manufaturados. A gente dava o que os caras precisavam e comprávamos os manufaturados ao preço que eles queriam nos vender. Era um sentimento pesado, ruim, de uma auto estima coletiva lá no dedão do pé.

Aí acabou a ditadura militar, o país começou a respirar ares democráticos, os governos foram se sucedendo... E o que vemos hoje, em plena segunda década do Terceiro Milênio?

A CHINA É A NOVA COLONIZADORA COMERCIAL
Somente no primeiro semestre de 2012, o Brasil importou US$ 18 bilhões em produtos chineses. Embora a balança comercial seja favorável ao nosso país (exportou US$ 25 bilhões), o que mais chama a atenção são os principais produtos que compõem essa relação: enquanto o Brasil envia commodities – soja, minério de ferro e petróleo -, os chineses exportam materiais com “valor agregado” - transmissores, partes de máquinas e máquinas automáticas...

domingo, 19 de agosto de 2012

Afinal, as Embaixadas são ou não invioláveis?

Para abrir meu post tomo emprestado o texto do mestre Raphael Tsavkko Garcia, especialista em comunicação e bacharel em Relações Internacionais, publicado neste site:
http://www.brasildefato.com.br/node/10336

" A atitude - a invasão de uma embaixada - equivaleria à uma declaração de guerra e é considerada um ato abjeto nas relações internacionais, pois passa por cima do diálogo e se torna imediatamente uma invasão hostil de território soberano. É sempre válido lembrar que Embaixadas são consideradas territórios soberanos dos países que ali mantém sua representação, e qualquer ameaça a esse território é uma ameaça ao Estado em si ".

O assunto refere-se ao impasse criado com o asilo político dado pelo Equador, desde o dia 16 último, ao australiano Julian Assange, em sua Embaixada de Londres. Os britânicos querem prender o fundador do WikiLeakes e o enviarem à Suécia. Segundo jornalistas que cobrem o episódio, o Reino Unido está gastando perto de R$ 160 mil POR DIA com o esquema policial para cercar a referida Embaixada.

A questão é: por que tanto auê ? Para entender o quadro não custa lembrar que quando o juiz espanhol Baltasar Garzón decretou a prisão do ex-ditador chileno Augusto Pinochet, por este ter morto e torturado cidadãos espanhóis, a Inglaterra deu-lhe guarida. Agora, a Suécia acusa Assange de crimes de estupro no país nórdico e os mesmos britânicos querem despachá-lo pra lá?

NDA
Será que consideram estupro um crime mais grave que mortes e torturas? Ou têm os britânicos mais simpatia pela Suécia que pelo Chile? Há quem aposte que não se trata de nenhuma das anteriores. A Suécia pediu a extradição do australiano para que ele responda pelos crimes dos quais é acusado, mas na real só deverá fazer “uma ponte” para mandá-lo aos Estados Unidos, onde iria responder por algo muito mais grave (na opinião dos norte-americanos), que foi a abertura de segredos militares daquele país em seu site. Nesse último caso, Assange poderia até mesmo ser condenado à morte.

Aí, voltamos à questão inicial: afinal, as Embaixadas são ou não invioláveis? Ou isto depender do “momento” ?

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

A TIM está de sacanagem ?

Faz uns 4 ou 5 meses que uso os serviços de telefonia móvel da TIM. Até que a operadora tivesse suspensa pelo governo - dias atrás - a comercialização de novas linhas, devido ao grande número de reclamações contra a qualidade de seus serviços, estava tudo certo comigo.

Depois deste epísódio, no entanto, meus serviços estão piorando, piorando, piorando... Nos últimos 10 dias, por exemplo, não passa 1 único dia em que eu não tenha problema de sinal.

Será que a operadora ficou irada com o governo e está descontando sua raiva nos clientes ???

domingo, 12 de agosto de 2012

PARABÉNS PAPAIS !

Aos pais, que não carregaram os filhos na barriga mas os carregam nos ombros, nas costas, no colo e no coração, meus PARABÉNS !


quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Senado aprova diploma obrigatório para jornalistas. Agora falta a Câmara.

O Senado aprovou a volta da obrigatoriedade do diploma para jornalistas. Votação ocorreu na terça-feira, 7 de julho, quando a PEC 33/09, que restabelece a exigência de curso superior em jornalismo para exercer a profissão foi aprovada em segundo turno no Senado. Foram 60 votos favoráveis e 4 contrários.


Com a aprovação no Senado, a PEC, de autoria do senador Antonio Carlos Valladares, deverá ser votada na Câmara dos Deputados, também em dois turnos. A PEC dos Jornalistas acrescenta um novo artigo à Constituição, estabelecendo que o exercício da atividade profissional de jornalistas é “privativo do portador de diploma do curso superior de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, expedido por curso reconhecido pelo Ministério da Educação”.

Para decepção de muitos e aviltamento da profissão, a exigência do diploma de jornalista foi derrubada em 2009 pelo Supremo Tribunal Federal sendo relator o ministro Gilmar Mendes.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Curso Biografia & Ghostwriting. Eu RECOMENDO !

CURSO PARA ESCRITORES. EU RECOMENDO! A Nanete é uma profissional NOTA 10.

terça-feira, 31 de julho de 2012

Venezuela será a pá de cal no Mercosul ?

Em 23 de junho de 2012 (veja post abaixo) fui manifestamente favorável à suspensão do Paraguay do Mercosul, fundamentalmente pela razão básica de que a DEMOCRACIA (PLENA, e não apenas de fachada) é um dos pressupostos básicos para se integrar o bloco econômico do Cone Sul.

Agora, a partir desta terça-feira, 31, o combalido Mercosul oficializará a entrada da Venezuela no bloco. Não custa lembrar que até recentemente o vizinho país então comandado pelo "bispo" Lugo era contra a participação venezuelana, mas com a suspensão temporária deste os demais integrantes do bloco aceitaram o ingresso do país comandado por Chavez.

Pelos mesmos motivos que achei justa a suspensão do Paraguay acho incoerente aceitar a adesão da Venezuela, com seu grandiloquente e fanfarrão presidente, que vai se eternizando no poder, eleição após eleição, suscitando dúvidas reais sobre a transparência e democracia no jogo político daquele país.

Não fosse isso o bastante (a questão democrática), inicialmente a Venezuela demonstou má vontade em aceitar os pressupostos comerciais do bloco. Pressinto que isto não vá dar certo. E se eu estiver com a razão, pode ser a pá de cal em cima do Mercosul.
   

sábado, 21 de julho de 2012

CURSO RÁPIDO DE ECONOMIA


CURSO RÁPIDO DE ECONOMIA, a mim enviado por uma dileta amiga:


Um viajante chega numa cidade e entra num pequeno hotel. Na recepção, coloca em cima do balcão duas notas de R$100,00 e pede para ver um quarto.

Enquanto o viajante inspeciona os quartos, o gerente do hotel sai correndo com as duas notas de R$ 100,00 e vai até o açougue pagar suas dívidas com o açougueiro.

Este pega as duas notas e vai até um criador de suínos a quem, coincidentemente, também deve R$ 200,00 e quita a dívida.

O criador, por sua vez, pega também as duas notas e corre ao veterinário para liquidar uma dívida de... R$ 200,00.

O veterinário, com a duas notas em mãos, vai até a zona quitar a dívida com uma prostituta. Coincidentemente, a dívida era de ... R$ 200,00.

A prostituta sai com o dinheiro em direção ao hotel, lugar onde às vezes levava seus clientes e que ultimamente não havia pago pelas acomodações. Valor total da dívida: R$200,00. Ela avisa ao gerente que está pagando a conta e coloca as notas em cima do balcão.

Nesse momento, o viajante retorna dos quartos, diz não ser o que esperava, pega as duas notas de volta, agradece e sai do hotel.
Ninguém ganhou ou gastou nenhum centavo, porém agora toda a cidade vive sem dívidas, com o crédito restaurado e começa a ver o futuro com confiança!

MORAL DA HISTÓRIA: NÃO QUEIRA ENTENDER DE ECONOMIA!

A verdade é que a economia cresce pela circulação da riqueza e não pela posse do dinheiro.




quinta-feira, 19 de julho de 2012

Acredite, esse novo grito ainda vai te deixar rico: VAI CEBOLA !

Pessoas muitas vezes se veem todos os dias e não se percebem. Ignoram convergências e saltam as diferenças. A dificuldade em se aperceber de realidades pode ser grande, mas dividir sonhos e experiências é ainda maior. Não sei se as pessoas estão cada dia mais ignorantes, sem enxergar mais que um palmo à frente do próprio nariz, ou se na realidade sequer enxergam esse palminho uma vez que as vistas estão permanentemente voltadas ao "seu" umbigo.

O fato é que o individualismo é cada dia mais sentido nestes dias que vivemos. Todos querem o "seu" IPOD para ouvir as "suas" músicas, querem o "seu" computador pra se trancar no "seu" quarto e ficarem "a sós com o mundo", precisam do "seu" celular para serem encontradas apenas quando se lhes interessa, não dispensam o "seu" carro para trabalhar, viajar, namorar. Enfim, pessoas vem e vão carregando o velho bordão "tô correndo, tô correndo...". Experimente perguntar pra alguém que vc vê sempre, ou raramente: "E aí, como vai?" A chance de receber uma resposta do tipo "Na correria", "Oi, tudo bem, agora deixa eu ir que preciso correr atrás..." é real.

Raras são as gentes que tem objetivos claros, definidos e que ousam partilhá-los. Ou simplesmente porque não os tem, ou porque preferem se encerrar em sí próprias. É a vida. São as pessoas. Novos tempos. "Conforme-se", dizem os mais antigos...

Não. Eu não me conformo. As pessoas mudam, porque os tempos mudam. As coisas mudam. A vida hoje é mais acelerada. Trabalha-se mais. Agita-se mais. Mas será que a gente consegue namorar mais? Será mesmo que viajamos mais? Lemos mais livros? Conhecemos MAIS PESSOAS de verdade? Ou ficamos reféns de novas tecnologias que nos geram sensações de que, afinal, podemos ser - qualquer de nós - o centro geodésico do Universo, bastando para tal postar uma foto ou um pensamento nas redes sociais e ganhar um monte de "curtir" de pessoas que vc nem sabe se existem, se têm mau hálito, caráter, se te olhariam olho-no-olho caso as visse? As pessoas mudam, mas é essencial que continuem sendo gente não coisas.

Quantas pessoas capaz de largar tudo o que estão fazendo nessa massacrante rotina pela sobrevivência e ir atrás do sonho vc conhece? Quantas pessoas trocam os pneus macios e confortáveis do "seu" bólido por um sandália de couro, ou botas, que irão lhe proporcionar generosas bolhas nos pés ? Quantas pessoas trocam a mesinha do computador, a telinha do celular ou o notebook no colo pelo prazer de fotografar "in live" a natureza ? Quantas pessoas trocam o bate papo virtual por um "bueno e viejo ojo-no-ojo" ? Quantas pessoas apertam o botãozinho do ´foda-se´ e se mandam em busca da realização de um sonho ?

Poucas, raras ou nenhuma. Talvez vc nunca conheça alguém assim na vida real. Só em filmes, games ou nas redes sociais...

Pois saiba que pessoas que correm atrás de sonhos existem. DE VERDADE ! São pessoas de aparência comum. Andam, cansam, deitam, dormem, acordam, se reenergizam, caminham, recaminham, conversam, perguntam, aprendem. E se tornam ricas. RIQUÍSSIMAS. Alguns desses seres iluminados têm o dom de escrever. E partilham o Tesouro com a gente.
   
Se você ainda não conheceu alguém assim, eu quero te apresentar Luiz Carlos Ferraz. Os mais íntimos chamam-no de Cebola. Eu conheço esse cara rico. RIQUÍSSIMO. Não vive de especulação financeira, não engana incautos e não promove a esbórnia de nenhum tipo. Homem simples, trabalhador, generoso, amigo, apaixonado pela mulher como se fazia em tempos mais remotos em que se escrevia Luiz com "Z".

A sua erudição não o impede de postar uma foto em que mostra uma bolha no pé sendo furada com uma prosaica agulha de costura. E ri. Porque sabe que é através da simplicidade que se colhe a erudição. Trocar a caneta pelo cajado é só um jeito de ler e escrever diferente. Essa pessoa, simples e por isso mesmo fantástica, ainda me chama de amigo. Ainda que não nos encontremos por anos a fio. Já vai longe o tempo em que eu e ele tínhamos fartos cabelos. Mas o tempo, ah o tempo... esse foi roubando os nossos fios pretos, castanhos, lisos e ondulados, e nos colocando alguma coisa a mais dentro das nossas cabeças. O olhar distante, perdido, foi trocado por um olhar focado, arisco, que recorre às lentes graduadas para captar o que existe, afinal, por trás de cada gesto, de cada ação. O mundo hoje visto por nós é mais perceptível. E pode ser divertido também se tivermos sabedoria. A mesma sabedoria que o Cebola resolveu externar com suas riquíssimas caminhadas.   

A este amigo deixo aqui registrado o meu fraterno abraço. E aos demais amigos, colegas e mesmo desconhecidos uma dica: passem pelo BLOG do Cebola. Vai valer muito a pena !

Nesta "nossa" página, o amigo escreve assim:

"Fim do segundo dia de peregrinação a Santiago de Compostela,

pelo Caminho Aragonês, com todos os detalhes no blog
www.blogcomcebola.zip.net   "

Ao Luiz deixo aqui o meu novo grito de guerra, como um modesto reconhecimento e incentivo para que vc continue firme em busca do sonho. E, de preferência, divida o Tesouro com os seus irmãos mais pobres. Tal qual a drusa, que rompe as entranhas e explode para ser vista e ouvida, eu grito: "VAI CEBOLA !" 




quarta-feira, 18 de julho de 2012

O Corinthians e a Orquestra Bachiana. Imperdível.

ORQUESTRA BACHIANA
Os melhores acordes do sempre genial maestro João Carlos Martins.

Apreciem SEM MODERAÇÃO !



http://www.youtube.com/watch?v=l9WkxalG0ug&feature=related

domingo, 1 de julho de 2012

Jade, a preciosa, não viajará em busca da medalha. Motivo: desarranjo comercial...

Pedra sagrada na China, e pela civiliação Maia, JADE é uma pedra preciosa.

Jade Barbosa tb é uma das nossas preciosas atletas. Mas -- pasme ! -- ela não irá a Londres integrar a equipe brasileira de ginastas. Isso porque houve uma guerra de patrocínios entre o banco BMG (seu patrocinador) e a Caixa, patrocinadora oficial da Seleção Brasileira.

Em função desse "desacordo/desarranjo comercial", uma das grandes preciosidades brasileiras deixará de viajar.

E isso dentro de um país que sediará as Olimpíadas em 2016. É de chorar.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Webcast mostrará 14° Encontro de R.I. AO VIVO

O 14° Encontro de R.I. e Mercado de Capitais será transmitido por webcast e teremos, uma vez mais, um estúdio para entrevistas AO VIVO sobre assuntos que permeiam o mercado de capitais nacional e internacional.


Este ano o estúdio terá a griffe "PRNews Café", o qual terei o prazer, uma vez mais, de pilotar.

URL para acesso:
http://www.blogger.com/goog_249277548

O Programa Completo do evento pode ser acessado pelos sites
www.abrasca.org.br/
www.ibri.com.br/



sábado, 23 de junho de 2012

1, 2, 3 e já. Franco já é o novo presidente paraguaio legítimo.

Impeachment, palavra de origem saxônica, é considerada insubstituível pelo mundo político. Daí porque toda vez que um governante é IMPEDIDO de continuar a exercer o mandato diz-se que ele sofreu "um impeachment".  Isso no Brasil (vide Fernando Collor de Mello), na Austrália, Itália ou no Paraguay (caso do outro Fernando... o padre Lugo, tb conhecido antes da eleição pela alcunha de "o bispo dos pobres").

O afastamento de um presidente é rápido e dolorido, quando sai derrubado por um golpe; demorado e igualmente dolorido quando saiu pelas vias legais.

No Paraguay aconteceu um fato no mínimo curioso. O presidente democraticamente eleito Fernando Lugo sofreu um processo de impeachment e foi definitivamente cassado em menos de 24 horas !!! O Senado, que precisava de 30 votos (de acordo com a Constituição daquele país), reuniu 39 em curtíssimo espaço de tempo. Sobraram apenas 4 votos contra a cassação e duas abstenções. Foi um rolo compressor, como se vê.

Federico Franco, o conservador vice-presidente que andava sumido havia quase uma semana, reapareceu ontem já com a faixa no peito, afirmando que aceitava o cargo, ou encargo, de assumir a presidência do vizinho país "pela vontade de Deus e do destino".

- Oh my God ! - exclamariam os mesmos saxônicos que inventaram as palavras impeachment, hamburger, potatoes e outras tantas...

- E o que Deus tem a ver com isso ? - será a pergunta de qualquer crente, especialmente um cristão.

Chaveiro copiar chaves em menos de 24 horas para entrar na sua casa, automóvel, ou empresa eu sei que é normal. Mas impeachment eu nunca tinha visto neste pouco mais de meio século de vida, como atento observador da política brasileira e internacional que sou.

Ainda no campo das curiosidades, é MUITO CURIOSA a atitude do "bispo" arrancado do poder como se faz com uma erva daninha no vaso de flores. Ele ficou  `pianinho´ e aceitou passivamente a atitude do Congresso. Foi um golpe "branco" e, como tal, ofuscado pela lógica. Podem chamar de qualquer outra coisa isso, mas é um golpe branco sim respeitável público.

Chanceleres de vários países, integrantes da UNASUL - União das Nações do Sul -, não tiveram tempo de esperar fechar as cortinas do teatro na Rio +20 e bateram asas, subitamente, em voo expresso, para Assunção. Chegaram lá na véspea da consumação do golpe político e não conseguiram nada pelas chamadas ´vias diplomáticas´. Daqui a 10 meses teremos eleições e o vice guindado à condição de presidente cumprirá um mandato-tampão. Vamos acompanhar com atenção o processo eleitoral paraguaio, porque a UNASUL foi criada com o intuito de preservar a democracia no Continente Sulamaericano. Se terá êxito o tempo dirá.

Pessoalmente nunca gostei do "bispo" mas a minha opinião nada importa, uma vez que não tenho cidadania paraguai e não voto por lá. Aliás, não tenho negócios pessoais e sequer pisei o solo guarani. Mas tenho um grande apreço pela democracia y por los pueblos hermanos.

Aos paraguaios minha solidariedade. Torço, sinceramente, para que o fronteiriço país respire melhores ares e ganhe status de uma Nação sólida e em franco desenvolvimento removendo de seus solo todas as ervas daninhas e deixe a felicidade de seu povo florescer.



 

terça-feira, 19 de junho de 2012

Saiba o porquê da expressão VAI CORINTHIANS !

Conheça o porquê da expressão VAI CORINTHIANS !

Veja o BLOG do mano Rafael:




http://blogdorafaelcastilho.blogspot.com.br/2012/06/o-porque-do-vai-corinthians.html?m=1&fb_source=message



domingo, 17 de junho de 2012

BOA NOTÍCIA pra quem odeia vagabundagem

BOA NOTÍCIA pra quem gosta de trabalhar e não apoia a vagabundagem de quem se faz de "coitadinho" e se apodera da coisa pública como se particular fosse. http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/06/16/em-40-dias-policia-prende-quase-300-flanelinhas-em-sao-paulo-e-mira-valets.htm

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Economia mundial andará mais devagar neste ano

Em virtude do estremecimento da economia na Zona do Euro, a economia global desacelera seu ritmo de crescimento e o Banco Mundial projeta expansão de apenas 2,5% para este ano. A se confirmar, o índice estará abaixo dos 2,7% registrados no ano passado. PROJEÇÕES REGIONAIS - Ainda segundo o Banco Mundial, a economia da Zona do Euro deverá ter recuo de 0,3% em 2012, e de outro lado os países em desenvolvimento terão crescimento acumulado de 5,3% no ano. Em 2011 os emergentes cresceram 6,1%.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Congresso de Comunicação debaterá avaliação e exposição de marca

No próximo dia 30 de maio o tema “O universo das mídias: Como avaliar a exposição de uma marca através de um observatório em 3 dimensões” será destaque durante o 15° Congresso Mega Brasil de Comunicação. A palestra será apresentada por Cristina Panella, diretora da Cristina Panella Planejamento e Pesquisa, às 17h. O mediador convidado é o jornalista Nelson Tucci, diretor da Virtual Comunicação. Evento acontecerá no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, nos dias 29, 30 e 31 de maio. Mais informações sobre o Congresso no www.megabrasil.com.br

segunda-feira, 14 de maio de 2012

O MACARTISMO E O LUDOPÉDIO

O Santos é campeão paulista. De forma incontestável, pois apresenta um futebol da melhor qualidade. Eu considero que tem uma defesa ruim, um meio-campo bom, um ataque ótimo e um treinador excelente. Já tinha observado o que vou comentar aqui, mas ontem não era dia disso; por isso faço meu comentário-desabafo somente hoje. Eu torço para o MEU TIME e ele me satisfaz por si só. Não preciso "secar" ninguém ou ficar invenando teorias conspiratórias. Mas tem um bando de delinquentes de opiniões que sente uma espécie de prazer mórbido nesse estranho exercício de tentar desconstruir a imagem alheia. São, na verdade, uns eternos inconformados. Em um consultório de psicanálise, postos a nú, devem aparecer vários problemas. Impotência sexual, frustração profissional e falta de reciprocidade amorosa devem aparecer como causas dessas funestas consequências. Mas, vamos aos fatos. Por hipótese, se o Corinthians tivesse disputado a final com o Guarani, nas mesmas condições e situações pelas quais passou o Santos, não duvidaria de um bando de corvos de plantão afirmando: "Tá vendo? O Guarani ficou privado de disputar uma partida em Campinas, em seu estádio. Estão ajeitando as coisas pro time da capital..." Ou, ainda, tivesse de enfrentar o Guarani sem Neto (que agora deverá jogar no pp Santos) e o veterano Fumagalli (que passou pelo Santos e Corinthians), a verborragia criminosa não tardaria "Tá vendo? Devem ter comprado os principais jogadores do Guarani ou armado algum esquema pra eles não jogarem e facilitarem as coisas..." e, não fosse isso o bastante... e aquela MÃO NA BOLA ter sido interpretada como pênalti em favor do Santos ontem então ? Enfim, desse tipo de delinquente, que protagoniza um indesejável papel do "macartismo no futebol", eu não sinto falta nenhuma, mas que estranhei ZERO COMENTÁRIOS, ah isso estranhei. Ao Santos, e aos santistas gente boa, ou "ramelentos", uma vez mais o meu abraço pela conquista.

sábado, 12 de maio de 2012

Futebol e irreverência contra os ´chicanos´

De razoáveis e bem intencionados o inferno anda cheio. E o futebol também. Agora, os craques, mestres da arte de bolinar a redonda e metê-la com tudo pra dentro e gênios da bola, são poucos, pouquíssimos, raríssimos. Em nossa querida e amada América Latina vez ou outra surgem alguns que merecem o pódio. Arthur Friedenreich, Leônidas da Silva, Neco, Heleno de Freitas, Cláudio (Cristóvão Pinho), Oberdan Catani, Jair Rosa Pinto, Júlio Botelho, Luizinho, Gilmar, Zito, Nilton Santos, Didi, Carlos Alberto Torres, Gerson, Ademir da Guia, Nelinho, Dirceu Lopes, Tostão, Falcão, Zico, Sócrates, Romário, Júnior (o Leovegildo) são alguns dignos de posar no andar de cima. ATÉ AQUI TODOS BRASILEIROS ! De teeeeeeempos em teeeeeeempos surge um Figueiroa, no Chile; um Rincón, na Colômbia; um Pedro Rocha e um Dario Pereyra no Uruguay. O Paraguay tem um Gamarra a cada 50 anos e a Argentina a cada 30 ou 40 anos revela Di Stéfano, Maradona, Messi... De relevância acho que a coisa para por aqui. Se faltar são mais 2 ou 3 nomes, nada além disso. Portanto, pau a pau, o Brasil é infinitamente superior na revelação de novos talentos aqui no continente. Se à relação lá de cima acrescermos Pelé, Garrincha, Rivelino e Ronaldo Fenômeno aí ficaremos anos-luz de distância de outros países como Venezuela, Equador, Peru, Bolívia etc. Sem demérito a esses povos, ricos em cultura, mas do ponto de vista futebol não há termo de comparação. Aí a gente se pergunta: se o nosso futebol é tão superior assim, por que então temos dificuldades brutais com a “Libertadores da América”, cuja vantagem argentina é ainda grande? Aquilo que eu me perguntava quando criança, hoje tornou-se convicção. A diferença pode-se resumir em duas palavras: ética esportiva. Ou civilidade, se preferir uma. Todo jogo é difícil, porque existem os fatores EXTRAS que não estão nas 17 regras. Equipes acostumadas a jogar no nível do mar, ou a 700 m deste, de repente sobem a 3.000 m !!! Não fosse isso o bastante, arbitragens caseiras e a mania de querer ganhar “ou na bola ou no pau”, como se dizia na várzea de antigamente. Não vou me delongar em diversos exemplos. Quem fora mais antigo (feito eu) vai lembrar do Sérgio (ou São Sérgio, para alguns), goleiro do São Paulo que num determinado ano (agora não lembro qual) jogou na Argentina e passou quase o tempo todo sendo “bombardeado”. Não pelo ataque adversário, mas pela torcida inimiga que soltava rojões contra seu gol. Cusparadas, banheiros sem água, pedradas em ônibus, intimidação policial e falta de civilidade de toda ordem fazem parte deste “roteiro latinoamericano” na Copa Libertadores. É o que os gringos lá no Norte chamam de “dirty play”, ou seja, jogo sujo. Pior, mas muito pior que essa selvageria praticada com uma certa regularidade, é o conformismo. Um bando de medíocres costuma dizer “Ah, Libertadores é assim mesmo”... É como retrocedêssemos na história e voltássemos aos tempos da caverna, dando um porrete para cada um e salve-se quem puder. Está mais que na hora de copiarmos os exemplos da Champions League, Eurocopa etc, mostrando que a civilidade pode perfeitamente também ter chegado aos campos de futebol. E só para ficarmos num único jogo recente, quando o Santos foi jogar contra o Bolívar lá na aldeia deles, a selvageria se fez presente mais uma vez. Os meninos da Vila sequer podiam bater escanteio que voavam objetos e frutas na cabeça. No seu ímpeto quase juvenil, Neymar saiu de lá muito puto. E disse abertamente: “Vai ter volta”. Felizmente a torcida brasileira recebeu o Bolivar com tranquilidade e civilidade. Não sei se por interferência do técnico Muricy (no que eu acredito), o Santos deixou as baixarias bolivianas pra lá e resolveu desafiar o time visitante somente dentro de campo. Foi uma covardia. Quem jogou (ou assistiu) uma pelada no terrão, ou na areia da praia, sabe do que estou dizendo. Aquilo foi como empurrar bêbado na ladeira. A surra que os pernas-de-pau bolivianos levaram, na bola, nunca mais vão esquecer. A diferença de uma equipe para outra foi desproporcional. Foi lindo aquilo ! Jogando em “condições normais de pressão e temperatura” a diferença é muito grande do futebol brasileiro para o resto. E o que é mais gostoso, enquanto a Argentina, nosso concorrente mais direto, deve demorar mais 30 anos para fazer o sucessor do Messi, nós já temos o Neymar prontinho para dar um olé em quem vier pela frente. E se vier pelos lados, tem o Ganso. Os 8x0, com a "apresentação" de Neymar fazendo blague com o treinador adversário que o desdenhou, afirmando que ´não o conhecia´, fecharam o espetáculo. Isto é Brasil. O resto, bem, é o resto, são “todos chicanos”...

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Editor da vida alheia. Veja o ´naneteblog´

Ghost-writers sempre existiram, mas antigamente era proibido se falar a respeito, quase um tabu. Embora grandes escritores tenham se dedicado a essa atividade como meio de sobrevivência, como Clarice Lispector e Autran Dourado, por exemplo, eles nunca puderam admiti-lo publicamente. Com o incremento do mercado editorial, mais personalidades passaram a ser convidadas a escrever seus livros, mas elas nem sempre têm ... (CONTINUA ... ) ENTRE NO BLOG da NANETE: http://naneteblog.wordpress.com/

sexta-feira, 4 de maio de 2012

O merecido espaço para Landell de Moura na memória nacional

Padre-cientista Landell de Moura é reconhecido como um dos Heróis da Pátria. Ele é o inventor do rádio mas que AINDA não está reconhecido como tal no mundo. VEJA MAIS no site JornalistaseCia, pilotado pelo jornalista Edu Ribeiro. http://www.jornalistasecia.com.br/edicoes/jornalistasecia844we52.pdf?__akacao=832797&__akcnt=seqTeste&__akvkey=acf4&utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=Jornalistas%26Cia+--+Edi%E7%E3o+844+%28Cortesia%29

sábado, 21 de abril de 2012

El rojo que nos mata de vergüenza

Quando a gente acha que já viu tudo... Eu descubro que o monarca de Espanha, respeitado no mundo político por sua postura democrática, tendo feito com maestria a transição de regimes em seu país, é um implacável “caçador de elefantes”. Pior que isso ainda (se é que existe coisa pior que um assassino de animais indefesos) é que Sua Majestade é presidente de honra da WWF (uma espécie de fundo mundial em defesa da natureza). Como se não bastasse sacrificar touros na arena para uma multidão ensandecida aplaudir e ter espasmos com a morte lenta do animal ferido, se esvaindo em sangue, a Espanha deixa mais esse péssimo exemplo. Os mesmos espanhóis que sangraram a América -– vejam como ilustração o que fez Hernán Cortés no México, entre outros de seus patrícios... --, arrebatando-lhe o ouro, a prata e a vida de milhares e milhares de indígenas, ainda acham que arrancaram pouco sangue daqueles que habitam o Planeta e continuam a fazê-lo. Será por isso que o vermelho é a cor que mais se destaca na sua bandeira? O rei sentiu que pisou na bola e se desculpou perante a Nação dizendo que não deveria estar “se divertindo”, enquanto o país amarga uma de suas mais sérias crises econômicas. Mas ainda não se desculpou com o Planeta por ser um matador de elefantes. E dessa mancha de sangue o El Rei não se livrará fácil. Palavra de um eurodescendente.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Uma cachoeira de denúncias e uma torrente de dúvidas

Em um grande esforço, a Câmara dos Deputados conseguiu reunir 324 assinaturas para a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre Carlinhos Cachoeira.

A comissão está protocolada, mas não se pode descuidar. A oposição tem de ficar com TODOS OS OLHOS ABERTOS, porque o fato de uma CPI tem preocupado muuuuuuuuuuita gente... pra cima e pra baixo da rampa.

A Polícia Federal, que vem trabalhando na investigação, precisa estar bem atenta à segurança física da pessoa em questão TAMBÉM, já que o nome de Cachoeira está ligado a muuuuuuita gente graúda.

domingo, 15 de abril de 2012

E que tal uma Lei Tiririca ? Político só se trataria no Hospital local...

E que tal a Lei Tiririca ? Já existem tantas leis com nomes de seus autores que não custa nada ter mais uma.

Embora eu não tenha nada (NADA MESMO, pode apostar nisso) com o palhaço Tiririca, tampouco com sua família, assessores e menos ainda com o partido pelo qual se elegeu o deputado, vai aqui uma sugestão de Projeto de Lei. Coisa que seus assessores ganham pra fazer - elaborar minutas de projetos - eu dou de graça. Em nome da justiça social.

Como é do meu feitio, vamos direto ao assunto e resumir a ópera naquilo que efetivamente interessa. Se a S. Excia. o palhaço-deputado acatar, basta passar à assessoria da Casa para o ajuste necessário dos termos do Regimento. A ideia, em síntese é a seguinte:

Artigo 1°) Todo detentor de cargo Executivo ou Legislativo no País deverá obrigatoriamente tratar da saúde em seu Estado natal, seja em caso de urgências ou de tratamentos médicos contínuos.
Artigo 2°) Não haverá privilégios a qualquer desses cidadãos.
Artigo 3°) A Lei é extensiva aos atuais ocupantes de cargos públicos e aos ex-ocupantes.
Artigo 4°) Revogam-se as disposições em contrário.

Simples assim.

Alguém já disso isso e eu vou aqui repetir, porque concordo integralmente com o pensamento. O senador Jose´ Sarney, que já tinha cargo público quando eu nasci, volta e meia corre pra São Paulo. Ele, a filha Roseana etc etc etc... Com esta Lei, neguinho teria de se tratar no PS do cidade de Pinheiro, onde ele nasceu, ou em Imperatriz ou, no máximo, na capital São Luiz. Mas sem sair do seu querido e amado Maranhão.

A mesma coisa teria valido para Antonio Carlos Magalhães, para o Zé Alencar e para um monte de espertinhos que vêm a São Paulo, ou ao Rio de Janeiro, se tratar de qualquer dorzinha de barriga e deixam os hospitais locais para "o resto da população".

Se o Zé Sarney, que ficou dodói e acaba de baixar em Sampa de novo (de novo!!!), fosse obrigado a se tratar na sua terra natal, vc não acha que ele já teria construído um centro médico de excelência no Maranhão? Afinal, em 60 anos de vida pública deve ter passado tanto dinheiro por suas mãos que daria pra construir praticamente um grande e moderníssimo hospital em pelo menos 10 cidades do Maranhão, oferecendo saúde, conforte e dignidade a toda aquela população e não apenas à sua família.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Gol de placa do STF

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou a interrupção de gravidez de fetos anencéfalos ( ausência de parte, ou total, do cérebro ). Votação terminou em 8 x 2. Com isso, a gestante que receber o diagnóstico de feto com anencefalia poderá interromper a gravidez legalmente sem precisar recorrer à Justiça.

Na opinião deste blogueiro medida mais que acertada. A partir de então as mulheres terão direito pleno ao seu próprio corpo e afastam a possibilidade da tortura de manter uma situação contrária à sua vontade e à própria saúde. O Estado deixa de legislar sobre o corpo de cada brasileira, tratando a mulher com decência ao lhe garantir os direitos individuais.

Garantido este precioso e inalienável direito, a mulher é quem decide o que fazer no caso mencionado.

sábado, 7 de abril de 2012

Feliz Páscoa !

Não importa o tamanho do PRESENTE EMBALADO. Nesta Páscoa deverá importar o PRESENTE das nossas vidas, o HOJE, o AGORA, que nos faz viver de forma intensa e vislumbrar o futuro.

FELIZ PÁSCOA A TODOS !

quarta-feira, 4 de abril de 2012

A NOVA HISTÓRIA das velhas sacolinhas. Veja no COISAS DE AGORA

http://www.coisasdeagora.com.br/depoimentos.asp?id=32

A Insustentável leveza das sacolinhas

Foi dada a largada. A partir desta 4ª, 4/4, está valendo o acordo que estabelece o fim da distribuição das sacolinhas plásticas nos supermercados de São Paulo. Isto é, está decretado o fim das SACOLINHAS GRATUITAS porque se o consumidor pagar por OUTRAS SACOLINAHS PLÁSTICAS -- biodegradáveis ou não -- as terá no porta-malas do carro, ou a lhes amarfanhar os antebraços no busão...

A história começa no dia 25 de janeiro, com a medida sendo suspensa após o ´bem bolado´ realizado entre o Procon de SP, o Ministério Público e a Apas-Associação Paulista de Supermercados, quando foi assinado um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta-TAC. (Não custa lembrar que o pau comeu solto por pressão da sociedade que se viu órfã na discussão.) As autoridades postergaram a distribuição gratuita por algumas semanas e... agora cada um que vá cuidar sa sua horta.

O argumento preferido nesse imbróglio que se formou é o de uma suposta defesa do meio ambiente, alegam os senhores da Lei e os representantes dos Supermercados, off course. Para esses senhores, a ideia embutida e não revelada, pode estar no fato de que ao penalizar o consumidor este criaria juízo, deixaria de ser mal educado e mal sustentável e passaria a descartar menos plástico no ventre da mão natureza. Um argumento tão flácido e leve, que desaparece ao sabor de um vento mais forte lançado durante um debate sério.

Quem produz lixo (todos nós !!!) vai continuar descartando o mesmo. A diferença é que ao invés de sacolinhas plásticas gratuitas, os caminhões de coletas passarão a ter, a partir desta QUARTA, QUATRO DO QUATRO, sacolinhas plásticas pagas para recolher. Deu no mesmo ou não ?

O CLICK NEGÓCIOS, programa que apresento e que desde a sua concepção traz a questão da sustentabilidade, ouviu gente importante nesse jogo de palavras, ideias e argumentos. Eu confesso que não sai convencido de benefício nenhum a mais, além daquele que o supermercadista vai levar.

Percebam que foram chamados vários atores para esta discussão, à exceção de um: o consumidor. Uma discussão que já começa de uma forma uinilateral, sem ter um de seus principais envolvidos no debate, certamente não é uma discussão sustentável !

..................
Nelson TucciJornalista profissional diplomado, pós-graduado em Comunicação e Relações com Investidores, é Apresentador do CLICK NEGÓCIOS da TvABCD.

domingo, 1 de abril de 2012

O exemplo bem acabado da decadência humana

Hoje li entrevista do Maguila, no UOL. Ele fala sobre o tal MMA, definindo-o como "briga de rua". Idêntica opinião tem o campeoníssimo Eder Jofre. São dois esportistas oriundos do boxe.

Coincidentemente, hoje tb li algo da coluna do Juca relatando as impressões do prof. Odair Borges, 7º Dan em Judô e 7º Dan em Jiu Jitsu. Esse mestre é um esportista de altíssimo nível.

Pues... finalmente descobri que não estou só neste mundo. Nunca entendi direito porque tanta gente assiste ao MMA/UFC e congêneres e ainda sai por aí comentando. Em minha modesta opinião, essa coisa é um exemplo bem acabado da decadência humana. Nem mais nem menos.


http://blogdojuca.uol.com.br/2012/03/mma-e-bbb-tudo-a-ver/

sexta-feira, 30 de março de 2012

STJ aceita atos sexuais com menores de 14 anos

O entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre estupro de vulneráveis levou a Corte a decidir que atos sexuais com menores de 14 anos podem não ser caracterizados como estupro, "de acordo com o caso".

A sentença foi proferida no último dia 27. O tribunal entendeu que não se pode considerar crime o ato que não viola o bem jurídico tutelado, no caso, a liberdade sexual. No processo analisado pela seção do STJ, o réu é acusado de ter estuprado três menores, todas de 12 anos. Tanto o juiz que analisou o processo como o tribunal local o inocentaram com o argumento de que as crianças “já se dedicavam à prática de atividades sexuais desde longa data”.

Entre o que diz "a letra da Lei" e os usos e costumes vejo um ABISMO MORAL sem precedentes na interpretação desta Lei. Data máxima vênia, não vou arguir o Tribunal sob o ponto de vista da aplicação da Lei, porque se este o fez deve ter lá o seu respaldo, ainda que sob a luz da interpretação de um único togado.

Mas argumentar que "crianças de 12 anos já se dedicavam à prática de atividades sexuais desde longa data” é coisa de alguém que não tem uma filha de 12 anos. Nem uma neta, tampouco sobrinha ou afilhada. Escrachar CRIANÇAS de 12 ANOS para aliviar o estuprador não é prática que se deva admitir em qualquer sociedade minimamente civilizada. Isto posto, fica a perguntar que não quer calar: na interpretação de Sua Excelência, o que seria "prática de atividades sexuais desde longa data" ??? Uma criança que vinha sendo estuprada desde os 6 anos de idade ? Ou desde os 3 ??? E quem a iniciou na prática da vida mundana ? Quais seus responsáveis legais ?

Enfim, os questionamentos são muitos. Eu me recuso a aceitar essa situação como algo legal e definitivo. Em minha opinião essa tal lei trata-se de um lixo autoritário que deve ser removido imediatamente e a sentença reformada já. Agora. Do contrário, deveremos fechar o país para balanço.

quarta-feira, 28 de março de 2012

Millôr, o ícone de várias gerações, parte em definitivo

"Então fica assim, os Três Poderes são o Legislativo, o Executivo e a Corrupção" - Millôr Fernandes, que parte hoje, em definitivo, para a nave-mãe.

O Brasil fica mais pobre intelectualmente. Menos irônico e mais sem graça.

sábado, 17 de março de 2012

NÃO MALTRATEM meus ouvidos !!!

Eu já escrevi sobre isso. Mas certas pessoas - especialmente os "latinhas" do tal mundo esportivo de rádio e TV - insistem no espancamento auricular. Se os referidos cidadãos e cidadãs que tem um microfone à frente não conseguem falar corretamente, procurem um (a) fonoaudiólogo (a) PELAMORDEDEUS !!!


PACAEMBU
é PA-CA-EM-BU não paQUEMbu, puta que o pariu.

TSUNAMI é TSU-NA-MI e não TÍ-SU-NA-MI, caceta !

sexta-feira, 16 de março de 2012

Lições das estudantes do "primeiro" mundo ...

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2011/12/14/estudantes-inglesas-recorrem-a-prostituicao-para-pagar-universidade.htm

Se...

... um dia vc casou, e teve uma sogra, sabe exatamente do quê os caras estão tratando!

http://www.usp.br/agen/?p=90733

quinta-feira, 15 de março de 2012

NÃO DÁ MAIS PARA ACEITAR A BARBÁRIE. A ética é universal, não tribal.

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2012/03/15/suicidio-de-jovem-forcada-a-casar-com-seu-estuprador-causa-protestos.htm

Dá para eu aceitar algumas coisas estranhas à cultura brasileira. Dá para aceitar visões diferentes das que aprendi/desenvolvi e/ou que me foram impingidas desde criança. Dá para aceitar a pluralidade do ser humano. Dá para aceitar usos e costumes tribais muitíssimos diferentes dos nossos. Dá para aceitar um montão de coisas estranhas às nossas crenças, acreditando no livre arbítrio do ser humano.

Mas, definitivamente, não dá pra aceitar a barbárie. Não me importa o leque de razões que alguém possa usar para defender o que eu e parcela do mundo consideramos indefensável.

ROUBO É ROUBO. Em qualquer tempo, cultura ou país. Dinheiro desviado, surrupiado, escondido, não é dinheiro não contabilizado por esquecimento. ASSALTO É ASSALTO. Não importa o idioma e nem a época. ISSO NÃO DÁ PARA CONSENTIR.

MATAR É MATAR. Não importa se feito por um terrorista, um bandido, ou um soldado bêbado em meio à guerra. ISSO NÃO DÁ PARA ACEITAR.

TORTURA e ESTUPRO são crimes hediondos. Não importam se as alegadas motivações são de ordem "pessoais", "circunstanciais", "religiosas" ou "de estado". ISSO NÃO DÁ PARA ACEITAR.

O link acima (primeira linha) revela a miséria do espírito humano. Não me importa o que alguém possa alegar em defesa do verme que o praticou. ISSO NÃO DÁ PARA CONSENTIR E CALAR. COLOQUEMO-NOS, POR UM RÁPIDO INSTANTE, NO LUGAR DA JOVENZINHA. É preciso respeitarmos uma ética universal. Chega de alegar ética não contabilizada. NÃO DÁ MAIS PARA ACEITAR A BARBÁRIE.

sábado, 10 de março de 2012

Mãe + Mostre = MESTRE. Veja o blog de BIA BLACK.

http://beatrizblack.blogspot.com/2012/03/tempo-de-espera.html?showComment=1331371745062#c1035857191115419901

quinta-feira, 8 de março de 2012

Mulheres de Itaquera. SHOW DE BOLA !

http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/noticia/2012/03/mulheres-de-itaquera-o-toque-feminino-no-estadio-do-corinthians.html#equipe-corinthians

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Empreendendo o empreendedorismo

Eu e a Ana Fontes, criadora do Rede Mulher Empreendedora, fizemos uma parceria bem ao gosto deste jornalista, igualmente empreendedor. A Rede abre espaço para que eu possa compartilhar um pouco dos 31 anos que tenho de atuação na área de comunicação - corporativa, jornalismo puro, jornalismo literário, produção de conteúdos em textos para publicações diversas/sites/discursos, palestras, artigos e palpites certos & errados.

Em respeito ao alfabeto - e para homenagear a ANA - vamos começar pela letra "A" de Artigo. Depois vamos encaixando outra letrinhas e atividades correspondentes. O primeiro da série sai quase que simultaneamente à publicação da Plurale em Site, o qual denominei "Sua Excelência o Umbigo, o inimigo público da cidadania”. Espero que gostem do artigo e, sobretudo, da maravilha que a Ana criou.

Site: http://redemulherempreendedora.com.br/artigos/geral/inimigo-da-cidadania
Blog: http://rmempreendedora.blogspot.com/Facebook: https://www.facebook.com/RedeMulherEmpreendedoraTwitter: https://twitter.com/#!/RMEmpreendedora
Linkedin: http://www.linkedin.com/profile/edit?goback=&trk=spm_pic

Nós, que vivemos falando de empreeendorismo, decidimos empreender esta parceria que certamente vai gerar frutos para o empreendedorismo de outras pessoas. Entre no site redemulherempreendedora.com.br, você vai se surpreender.

Comentários, torcida, observações e palpites são democraticamente aceitos neste espaço.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

"Sua Excelência o Umbigo" faz sucesso !

Publicado na Plurale em Site, o Artigo tb é replicado no excelente COISAS DE AGORA. Confiram!


http://www.coisasdeagora.com.br/depoimentos.asp?id=25

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

ARTIGO NOVO na PLURALE: "Sua Excelência o Umbigo"

Tem ARTIGO NOVO na PLURALE:
"Sua Excelência o Umbigo, o inimigo público da cidadania.


http://www.plurale.com.br/noticias-ler.php?cod_noticia=11801&q=Sua+Excel%EAncia+o+umbigo%2C+o+inimigo+p%FAblico+da+cidadania

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

As ´mutreta do Parmera´. Agora devidamente documentadas.

http://blogdojuca.uol.com.br/2012/02/a-historia-de-uma-marmelada-documentada/

Tenda dos Milagres abriga Mocidade e conquista o Carnaval. Viva Ojuobá !

O presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo, Paulo Sérgio Ferreira, anunciou a Mocidade Alegre como campeã do Carnaval 2012 após uma tumultuada apuração, interrompida por vândalos que espalharam o caos e o terror, rasgando votos e destruindo o que viam pela frente. Em reunião extraordinária, que durou cerca de 5 horas, a Liga declarou a Mocidade Alegre campeã.

Com enredo homenageando o escritor Jorge Amado, baseado em sua obra "Tenda dos Milagres", a escola do Bairro do Limão (ZN de Sampa)somou o maior número de pontos, sendo seguida pela Rosas de Ouro e a Vai-Vai.

DÁ-LHE CANA
A Polícia Civil fez um bom trabalho. Cumprimentos ao dr. Nico, delegado de plantão no local, que deu cana em alguns arruaceiros e vagabundos entre os quais o delinquente maior (cujo nome faço questão de não escrever, pois que já é de conhecimento de todos), ao estilo bad boy, que começou o tumulto, invadindo o local de apuração, pulando grades e passando por várias pessoas e "çeguranssas" sem ser incomodado. O delinquente, de 29 anos, e integrante da Império da Casa Verde, já é um velho conhecido da polícia...

Agora é esperar o desfile das campeãs como uma espécie de redenção da imagem do Carnaval de São Paulo.

Assim, começamos oficialmente 2012. FELIZ ANO NOVO. Com a bênção dos Orixás.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

O bad boy e a frouxidão da ´çeguranssa` no Carnaval de Sampa

Faltavam apenas duas notas pra Mocidade levantar o caneco do Carnaval 2012 de São Paulo. Ou não (como diria Caetano, em sua prosa...)

Os desfiles tinham corrido muito bem, a apuração seguia tranquila até que... bem no finalzinho, ânimos (sempre) exaltados de alguns dirigentes e torcedores presentes ao Anhembi e começa a agitação.

Em segundos, um homem ao estilo bad boy, da Império da Casa Verde, pula grades, entra no reservado da Mesa, empurra um homem da coordenação, pega os envelopes com as notas dos jurados e sai rasgando, de volta pra galera. Televisionado AO VIVO, fotografado, e devidamente identificado pelos presentes, armou um espetáculo digno de selvageria cinematográfica - com truculência e espírito inconformado de perdedor - e saiu "de boa" da cena.

Homens de terno preto, dito seguranças, não fizeram absolutamente NADA. Policiais Militares, armados com revólveres e cassetetes, idem. Todos assistiram ao bad boy estragar a festa. Um bando de frouxos.

E... como o vagabundo do bad boy não terminou estirado no chão com a cabeça rachada, espalhou-se o cheiro da impunidade e da desordem, coroado pelo vandalismo. Sequencialmente outros torcedores, de camisas verdes, pretas, brancas e multicoloridas se misturaram para protagonizar algo vergonhoso não só para São Paulo, mas para a humanidade.

Uma pequena multidão de pessoas (será ?) da Gaviões da Fiel desceu das arquibancadas e acabou de avacalhar a coisa. De forma igualmente indigna saiu nos cascos, arremessando grades, batendo boca com PMs e ganhando a pista da Marginal. Cercados por um cordão de PMs, os torcedores da Gaviões seguiram caminhada até a sede, no bairro do Bom Retiro, protagonizando outras cenas lamentáveis como chutar carros e a proteção das paredes do sambódromo. Em meio a isto, carros alegóricos foram incendiados (uns 2 ou 3, pareceu-me pela tv).

Triste, muito triste tudo isso para um país que vai organizar Copa do Mundo, Olimpíadas, alcança a 5ª posição no ranking da economia global e quer ter acento no Conselho de Segurança da ONU.

Acredito eu que não deva existir argumento e tampouco contemporização com os vândalos, mas que a segurança foi frouxa, ah isso foi. PMs, Guarda Municipal e particulares não deram de um único carinha. Por mais rambo que ele fosse, o cara não entrou nem saiu voando do lugar. Ele saiu andando. E só.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Jujú paticumbum prugurundum, minha gente o nosso samba é isso aí... / é isso aí...

A Rosas de Ouro fez o desfile mais caro da sua história. Investiu a bagatela de R$ 3 milhões de reais, neste ano. O tema foi a imigração húngara para o Brasil.

Lá pelas tantas descobriram que um de seus prósperos descendentes era o empresário Roberto Justus. E o convidaram para ser homenageado. À saída do desfile, do primeiro dia do Carnaval de São Paulo, jornalistas perguntaram a ele se foi “realmente” a escola que o procurou. Irritadiço, o homem acostumado a mandar em seus empregados na agência de publicidade e a “demitir” pessoas em programa televisivo sentiu-se afrontado.

Justificadíssima a sua irritação, aliás. Porque o Justus é um homem que engrandece demais o País, sendo figura proeminente e digna de frequentar as grandes galerias dos gênios brasileiros. O que ele fez mesmo ?

Ainda a propósito do Carnaval paulista... a Gaviões inventou de homenagear o ex-presidente Lula, como se ele fosse um santo, através de um enredo quase verdadeiro. Pena que não teve alta pra mostrar os seus passos na avenida. Mesmo assim a Gaviões espera “sair bem na fotografia” e compensar os cerca de US$ 2 milhões investidos na brincadeira deste ano.

Nós paulistanos ainda somos neófitos nessa coisa de Carnaval de rua, mas a coisa vai andando bem devemos reconhecer. Há 10 / 15 anos não deveria ter mais que umas duas ou três de dezenas de ´estranjas´ na paulicéia desvairada nessa época do ano. Hoje eles já somam um bem vindo exército de 120.000 turistas. Ainda está longe dos quase 1 milhão que chegam ao Rio de Janeiro, mas já caminhamos de uma forma sólida, pois o Carnaval paulista vem num crescendo nos últimos anos.

E para sermos justos, ninguém realmente vai querer saber quem era o tal do moço grisalho e nervozinho da Rosas de Ouro se na passarela desfilou Jujú Salimeni, uma das mais belas representantes da raça humana. Se a deusa volta à passarela ano que vem, podem ter certeza, o Campo de Marte será pequeno para as naves espaciais que chegarão de toda a galáxia. Mais que justo !

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Como a mídia estimula a xenofobia

Observatório da Imprensa publica texto do colega jornalista José Paulo Lanyi em sua edição de 14 de fevereiro. Confiram, vale muito a pena.

O imigrante africano insistia: “Existe racismo na Itália!” O repórter florentino anotava com ar de reprovação. O senegalês subia o tom: “A Itália é um país racista!” O jornalista meneava a cabeça para os lados e fazia cara de desagrado. “Como assim, racismo na Itália? Você diz que a Itália é um país racista. Por que você diz isso?”, reagia o repórter, inconformado. O africano explicava. O seu interlocutor discordava com uma ênfase de chamar a atenção. De férias em Florença, eu mesmo presenciei esse diálogo no entardecer do dia 13 de dezembro.

Poucas horas antes, um maluco fascista matara e ferira imigrantes negros na cidade. Originário de Pistoia, o escritor Gianluca Casseri abrira fogo contra senegaleses que vendiam roupas e bolsas na Praça Dalmazia. Depois de acertar quatro deles, entrou no carro e foi para o Mercado de San Lorenzo, local em que trabalham muitos imigrantes. Lá, ele atirou em mais dois africanos. No total, seis pessoas foram atingidas. Dessas, duas morreram. Em seguida, Casseri se suicidou com um tiro na garganta.

Quando souberam dos crimes, dezenas de senegaleses saíram pelas ruas da cidade para protestar e foram agredidos pela polícia na Praça da República. “Em Florença nunca havia acontecido algo assim, tão grave. A polícia reagiu, foi com um aparato pesado”, testemunhou a jornalista brasileira Kátia Lôbo Fiterman. “Os senegaleses estavam desarmados, desesperados, mas não eram violentos. Eles falam alto, gesticulam muito, são altos, fortes, e os italianos veem esse comportamento como agressivo, quando na verdade os africanos muitas vezes só estão conversando. Foi pancadaria mesmo, a polícia bateu, os africanos apanharam sem reagir”, diz ela. “E nenhum jornal deu isso.” Não é de se estranhar que não tenham dado, a julgar pela recusa acintosa daquele repórter de avaliar uma crítica que está longe de ser absurda, conhecendo-se minimamente a cultura e a história da Europa.

O repórter que não gosta de ouvir
A própria Fiterman sabe bem o que diz. Ela mora na Itália há vinte anos. Cidadã italiana com direito a voto (“E não votei no Berlusconi!”), trabalha há 12 com imigrantes na Caritas Diocesana de Florença. “Este é um momento intenso ante a comissão pelos refugiados políticos que chegam da Líbia e provenientes de muitas partes do mundo”, diz ela. “Trabalhei e estou trabalhando como uma danada, junto aos meus colegas, para ver se conseguimos convencer quem não se quer convencer, a respeito desse inviolável direito de continuar existindo.”

Anos antes, no Brasil, a jornalista produziu para o Jornal da Bahia e para o Folha Sete e colaborou com Gilberto Dimenstein na revista Sem Fronteiras, com a reportagem “Rua Madrasta”, sobre a situação dos menores no Brasil. Na Itália, escreveu artigos sobre menores imigrantes e a respeito do embargo a Cuba, entre outros temas.

Conversei com a jornalista para tentar entender o que havia acontecido naqueles dias. Para começar, ela confirmou o que o entrevistado africano tentara, sem sucesso, explicar ao repórter que não gostava de ouvir: “De modo geral, o florentino é racista. Muitas vezes a gente tentou encontrar trabalho para imigrantes, e muita gente dizia: ‘Sim, eu quero uma pessoa pra tomar conta da minha mãe, pode ser qualquer pessoa, mas não negro.’ ‘Por que negro não?’, eu perguntava. ‘Porque a pessoa tem pele escura, a gente tem medo da pele escura’.” Talvez o repórter impaciente não se lembrasse de uma das explicações para essa “paúra” toda: “Na Itália, o bicho-papão dos contos infantis é o homem negro [l’uomo nero]”, diz a brasileira.

Mídia “ajuda” a repressão
Parte dessa culpa, porém, pode ser atribuída à própria mídia, explica Fiterman. “O jornalismo italiano é bastante decadente porque os meios de comunicação, infelizmente, como nas ditaduras, estão concentrados nas mãos de pessoas com interesses econômicos internos, vedados aos estrangeiros. Isso complica a cabeça das pessoas, dos próprios jornalistas.”

Para ela, outra razão é o vale-tudo na hora de contratar. “O jornalismo na Itália não tinha a obrigatoriedade de um curso de formação, muita gente que trabalha nos meios de comunicação tem uma formação em ciências humanas, mas muitos chegaram pelo clientelismo, ‘o amigo do amigo’, e isso empobrece as redações.”

O pano de fundo para o tratamento da notícia seria político e ideológico. “Não se pode ir contra as tendências dos partidos sobre a repressão aos imigrantes. A tendência hoje é impedir o fluxo de pessoas, a costa da Itália é grande, é difícil controlar as fronteiras. A mídia ‘ajuda’ muito nesse sentido. Se um italiano atropela alguém, não é notícia. Se é um estrangeiro atropela, é notícia. No caso de um estupro ou de um homicídio normalmente não se publica o nome e o sobrenome de um acusado italiano. Se for um estrangeiro, não só se diz o nome, o sobrenome e o lugar onde nasceu, como se publica a foto dele”, lamenta.

“Acerto de contas”
O preconceito sairia das ruas para as páginas de informação. Em Florença, imigrantes são chamados por muitos pela forma pejorativa “vu comprá”. É que muitos deles, na Itália há pouco tempo, ao vender os seus produtos nas ruas não sabem como falar “vuole comprare?”[“quer comprar?”]. Assim, acabam perguntando aos transeuntes: “Vu comprá?”

Fiterman chegou a ler uma explicação com esse termo para o atentado fascista daquela tarde de inverno. “Na internet deram esse fato como um acerto de contas entre ‘vu comprá’, eles colocaram as coisas em outro plano. Um acerto de contas significa que havia alguma pendência entre aqueles imigrantes, o que não era verdade. Para quem escreve esse tipo de coisa, as pessoas que morreram não eram pessoas, mas ‘vu comprá’, elementos para se eliminar realmente.”

***
José Paulo Lanyi é jornalista e escritor
***

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed681_como_a_midia_estimula_a_xenofobia

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Cobras & Largartas, Borboletas & Porcos-espinhos...

Demonizar adversários e desconstruir imagens é uma prática política relativamente antiga. Quem está no poder sempre procurar auferir as vantagens que esta vitrine lhes dá e passam a tripudiar aqueles que estão abaixo do topo. Da mesma forma, quem está fora do poder sente-se "estilingue", com "direito" a lançar pedradas à vontade na vitrine.

Cabe a nós discernir o que é sério daquilo que é na verdade apenas jogo de cena.

PRIMEIRO REINADO
No Brasil - e neste mundão afora - a coisa raramente foi diferente. Os aliados da Corte viam em Pedro de Alcântara o primeiro herói nacional, homem dotado de espírito crítico, com poder de articulação e de uma coragem acima de qualquer outro. Já seus detratores preferiram minar-lhe a resistência política, desconstruindo a imagem do "fundador do Brasil", imputando-lhe características como beberrão, de inteligência baixa e libido acima da média para um Imperador... Esses mesmos "estilingues" espalharam que a "primeira dama" da época era quem efetivamente tinha poder de articulação, inteligência, cultura, boas maneiras etc e que o sr. seu marido se perdeu quando parou de ouvi-la e descambou de vez pro lado da amante...

SEGUNDO REINADO
Mais tarde vieram os entusiastas do Segundo Reinado e colocaram Pedro II como o "primeiro e verdadeiro" estadista brasileiro. Homem culto, preparado para o cargo, e responsável pelo grande desenvolvimento do país -- nunca é demais lembrar que, entre outras coisas, o Brasil foi um dos primeiros países a ter telefonia no mundo (pena que a Telefónica, VIVO, OI, CLARO E TIM não devam saber disso...)

Do outro lado, não faltaram críticas ao mesmo Pedro II pela inaptidão em conduzir a sucessão de Isabel (para a terceiro Reinado) e de "entregar o país à Inglaterra", originando a tal da dívida externa brasileira (bicho mais feio que a Medusa...)

REPUBLICANOS
Vieram os republicanos e, guardadas as proporções, foram lançadas críticas ao vento esparramando-se pra tudo quanto é lado. Logo depois são os tenentistas, os comunistas, os getulistas e por aí segue.

O PSD (o original, não o genérico) e a UDN se digladiaram enquanto existiram. Pra se dizer o "mínimo", os sociais-democratas da época eram tachados como irresponsáveis, perdulários etc, enquanto os udenistas eram por esses mesmos adversários chamados de “os maiores reacionários” da História do Brasil. O PTB também não ficou de fora dessa guerra de farinha e ovo: era tido como precursor do populismno barato.

O "SIM" E O "SIM SR."
Veio o golpe e com ele o maquiado bipartidarismo: Arena (partido oficial, de apoio aos governos militares) e MDB (amontoado de todos quantos eram contra o regime) ficaram em cena até 1979, quando se extingue o modelo bipartidário e se abre para o que temos hoje: PMDB, PDS (e seus sucedâneos), PT, PTB, PDT etc. Em tom de blague, dizia-se à época que a Arena (Aliança Renovadora Nacional) era o partido do "SIM" e o MDB (Movimento Democrático Brasileiro) era o do "Sim Sr."

Do chamado "PMDB autêntico" nasceu o PSDB e o PT se depurou com a saída de diversos grupos que mais tarde viriam a formar o PCO, PSOL etc. São estes dois - PT e PSDB - que hoje mais se destacam no cenário nacional (a exemplo de blancos e colorados na Argentina e Uruguai, ou dos Democratas e Republicanos nos EUA), embora a gama de legendas seja grande.

VENDENDO A ALMA
Alguns dos "autênticos" do velho PMDB, já revestidos com a plumagem tucana, uniram-se aos antigos desafetos para a conquista do poder. O PSDB do ainda mais antigo democrata-cristão Franco Montoro uniu-se ao PFL de ex-udenistas como Zé Sarney, ACM etc etc etc. O que aconteceu com o PSDB na ânsia de abocanhar o poder fez vários brasileiros se revirarem no caixão, tamanha era a falta de coerência. Trocou-se a ideologia por uma "aliança de resultado". Aí foi a vez do PT - até então imaculado na sua postura quase purista de ver e fazer política. Já não era mais um estilingue, mas sim um canhão de grosso calibre disparando contra uma frágil vitrine de vidro mal temperado.

Mudaram os políticos, ou a feia lagarta tinha se transformado em borboleta ?

Quando lhe cobraram coerência, já no poder, o intelectual Fernando Henrique chegou a dizer em alto e bom som: "Esqueçam tudo o que escrevi!". E o PSDB `vendeu sua alma ao diabo´ para governar. Mas como diria o poeta Cazuza, o tempo não pára, não páraaa (quando ele disse isso o PÁRA, do verbo, ainda era acentuado).

Mais tarde o PT, liderado pela estrela maior do metalúrgico Lula, ganhou a eleição com um discurso verdadeiramente progressista. Bateu, desde sempre, nas velhas e corroídas oligarquias tupiniquins. Pregou mudanças sociais, criticou o modelo econômico e por aí vai. Desnecessário enumerar todo o rosário de campanha.

Com a mesma sede de poder que tinha seu maior opositor - o partido tucano - sentiu-se obrigado a fazer alianças para governar. E vendeu a alma para os mesmos diabos, que sempre saem do andar de baixo para subir de elevador panorâmico rumo aos céus de Brasília. O partido não só continuou o programa econômico do sr. Pedro Malan & Cia, como fez aliança com o que de mais "autêntico" existe na representação oligarca brasileira: Zé Sarney, ACM, Jader Barbalho etc etc etc... Ou seja, para ilustrar a história, o "progressista" PT aliou-se ao que de "mais reacionário" existe na política nacional: velhos quadros da UDN, recheados por neo-udenistas como Fernando Collor, os bispos que se aninharam no PR etcaterva.

APELAÇÃO
Bem mais recentemente, no embate eleitoral da maior cidade do País, o PT do "Lulinha paz e amor" retomou as origens do "sapo barbudo" (como um dia Leonel Brizola apelidou o candidato Lula) e saiu batendo, xingando e praguejando. O então candidato a prefeito José Serra, pelo PSDB, foi demonizado pelos opositores. Seu vice, Gilberto Kassab (saído das lides do PFL), foi achincalhado brutalmente. Não faltou sequer a lembrança dele, Kassab, ter sido secretário do governo Pita (disparadamente um dos piores em 458 anos de história da cidade).

E deu no que deu. Serra venceu a eleição, prometeu governar até o fim do mandato mas não o fez, saindo candidato ao governo. Seu vice Kassab virou prefeito. Animado com a sentada na cadeira de prefeito (o que FHC só conseguiu pelo curto espaço de tempo para fazer uma maldada foto de véspera de campanha quando perdeu a eleição para Jânio Quadros, diga-se), saiu à reeleição. Até aqui virado pro lado dos tucanos... o ex-PFL, Democratas e agora líder do novo PSD, foi duramente demonizado pelos adversários. A ponto da então candidata do PT, a psicóloga e sexóloga Marta Suplicy, questionar a sua sexualidade.

(Cazuza: o tempo não pára, não páraaa...)

Decorridos poucos meses e... PASMEM... Gilberto Kassab é acariciado pelo PT. A ponto de ter sido convidado a participar da festinha dos 32 anos de criação do Partido dos Trabalhadores. O antigo "coisa ruim" contra qual alguns petistas até faziam trocadilho com a sigla do partido (DEM), chamando-o de "demo", agora é cortejado para compor uma aliança a fim de ocupar a sede do antigo prédio ´Banespinha´ no Viaduto do Chá.

Ao contrário do que fez a sexóloga, sempre muito liberal, na última campanha, a agora senadora Marta teve um lapso de coerência e não apareceu à festa do PT por conta desde demo-convidado. Mas... a dona Marta é apenas uma reduzida fração do partido. O seu chefe-maior, Lula, que (virou "amigo" de Zé Sarney, chegando a afirmar que o oligarca-mór e decano senador não é uma pessoa comum - quando este estava sendo julgado por eventuais irregularidades cometidas) inclusive barrou o ímpeto de Marta concorrer à Prefeitura paulistana novamente, em favor Fernando Haddad, é um incentivador da aliança com Kassab. Como também ATUALMENTE o são Zé Dirceu, Dilma, Silvinho, Delúbio Soares e por aí segue a lista.

Para quem está de fora é de se perguntar: afinal, mudaram-se os políticos ou as lagartas ?

No futuro – e no presente – os jornalistas absolutamente descomprometidos com candidaturas e alianças político-partidárias haverão de cobrar coerência. Doa a quem doer.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

PMs da Bahia: dois pesos e duas medidas!

Há 10 dias em greve, os Policiais Militares baianos tem causado um enorme frisson e consideráveis estragos na boa tera.

Há tempos atrás, a polícia civil de São Paulo entrou em greve e... pasmem... recebeu a incontida solidariedade do Partido dos Trabalhadores. O PT, que no passado considerava as forças policiais como repressivas e repulsivas, irmanou-se a estes pois desde então passou a considerá-los trabalhadores tb.

Era sinal de maturidade do PT ? Não sei... o que lembro é que o PT enfrentou a ira do governo estadual, do PSDB, e apoiou os "companheiros policiais" emprestando-lhe mais que solidariedade; carro de som e aparato sindical.

Corta. Fecha. Segundo Ato. PMs baianos entram em greve reclamando maiores salários. E o que faz a ilustre bancada do PT na CÂMARA ? Mãos dadas, pega o avião em Brasília e desce na boa terra para... para... prestar solidariedade ao governador-patrão, do PT, e não aos companheiros trabalhadores.

Mudou o PT ou os companheiros policiais?

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Gorduchinha 2014: eu apoio esta ideia !

Se vc tb está com a homenagem a Osmar Santos, entre no site e cadastre-se:

http://www.gorduchinha2014.com/

domingo, 22 de janeiro de 2012

Um brinde à memória do futebol

Ainda há pouco tive o privilégio de ouvir uma dos maiores gênios da bola, em todo o mundo: Mané Garrincha, em reprise da rádio Jovem Pan, sendo entrevistado pelo então repórter Flávio Prado.

Garrincha conta que amava tanto a bola que o negócio dele era jogar, não ganhar dinheiro. Por isso assinava os contratos em branco. Nascido em Pau Grande, hoje distrito de Magé, no estado do Rio, conta que era muito pobre.

Foi operário em uma fábrica na cidade natal. Deixou de atender convites pra jogar porque precisava trabalhar e ganhar dinheiro pro sustento.

Quando resolveu ser profissional tentou treinar no Vasco. E foi BARRADO ! Motivo: o menino Manoel Francisco dos Santos não tinha chuteiras. Mas não desistiu. Foi bater às portas do Botafogo, onde lhe emprestaram um par de chuteiras e o deixaram treinar.

O moço das pernas tortas, que encantou o mundo e fez vários "Joões" (apelido dado a quem costumava ´quebrar´ nos dribles), contou que tomou muita injeção no joelho pro Botafogo não perder a cota acertada.

Quando tinha derrames no joelho, extraiam-lhe a água e aplicavam injeção para entrar em campo. Isso aconteceu várias vezes. O médico do Botafogo na época ? Lídio de Toledo, que serviu a Seleção Brasileira por muitosssssss anos. Garrincha disse que jogou anos a fio com o joelho estourado. Só foi se recuperar no Corinthians, em 1966, quando jogou bem pouquinho e parou. Aí já era tarde.

O gênio nos deixou em 20 janeiro de 1983, aos 49 anos.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Obama, Cinderela e os Patetas... Nada como um dia após o outro !

Em discurso em frente ao castelo da Cinderela, na Walt Disney World, em Orlando, o Príncipe dos EUA, Barack Obama, disse na quinta-feira (19) que a emissão de vistos para turistas "chicanos", em especial do Brasil e da China, levará em média 40% menos tempo até o fim deste ano...

E já avisou à Madrasta má e sua filhas idem que facilitem a vida dos patetas que quiserem vestir orelhinhas de Rato e irem à América (prestem atenção, porque é só lá que existe América, okay ?) tirar fotos e serem apalpados nos aeroportos ´da América´ que dispensem algumas formalidades, como entrevistas para velhos e crianças, já que estes potencialmente não representam perigo à segurança do Castelo de Cinderela.

As idades, no entanto, ainda não foram definidas. Toda esta liberalidade pode ser, por exemplo, para menores de 3 anos e maiores de 90. Ainda não se sabe ao certo.

Ao final, o Príncipe Obama se entusiasmou com a vontade dos patetas brasileiros e chinos de tirar fotografias no parque e deixou escapar que tamanha generosidade com tais personagens tinha um porquê: garantir o emprego de milhares de norte-americanos, dentro e fora do Castelo de Cinderela.

P´ra quem já obrigou autoridade brasileira a tirar os sapatos nos aeroportos - tal qual se fazem com visitas a presidiários de alta periculosidade em locais ditos de segurança máxima - até que o Tio Sam estar muito bonzinha...

EM TEMPO - Como a notícia vai animar muitos patetas, mickeys, patos e afins, e por isso mesmo os voos devem ficar abarrotados de gente querendo desbastar a respectiva poupança em terras americanas, uma sugestão: verifiquem, antes, navios italianos que façam o roteiro Santos-Rio-Salvador-Miami, passando pelo Caribe e tirando fininhas de lindas ilhas paradisíacas. A viagem pode se tornar inesquecível !

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Encontro com o poeta. Um show de texto da Nanete Neves

Quer saber como se faz um (a) jornalista? Veja esse post da Nanete:

http://www.musarara.com.br/o-encontro-com-o-poeta

domingo, 15 de janeiro de 2012

JP revisita a série "grandes roubos da nossa história"

Emissora com forte inserção no futebol, desde sempre, a rádio Jovem Pan reeditou uma espécie de série "Os Grandes Roubos da Nossa História", ao reprisar a narração, com o trabalho dos repórteres de campo (Geraldo Blota, entre estes, entrevistando o grande Gerson, o "canhotinha de ouro"), da final de 1971 do Campeonato Paulista de Futebol.

O tricolor, que ficou na fila entre 1957 e 1970, ganhou o seu primeiro campeonato com o interventor do estado, Laudo Natel (nomeado governador pela ditadura, nos anos de chumbo, pra quem não sabe)no banco, já que este tb era presidente do clube. Em 1970 o São Paulo disputou o título com a Ponte Preta e foi vergonhosamente declarado vencedor com resultado que levou todos quantos assistiram ao jogo a desconfiar que na época já se fabricavam resultados... O auto declarado ex-sãopaulino, e pontepretano de carteirinha, Flávio Prado, lembrou do episódio no sábado últmo (dia 14), lamentando a trapaça sofrida pela macaca de Campinas...

Hoje, domingo (15), foi a vez de se relembrar (pra quem era nascido) e apresentar (pra quem nasceu depois disso) uma outra grande ´garfada´ da história (coincidentemente envolvendo o São Paulo), em mais um erro do Armando Marques (que, aliás, cometeria MUITOSSSSS OUTROSSSSSS na carreira de árbitro) anulando gol legítimo do centroavante Leivinha (Palmeiras), com o que o glorioso tricolor seria declarado bicampeão paulista, sendo BIbeneficiado pela arbitragem.

Torcedor neutro no dia, eu assisti a este último jogo (ao lado de um primo sãopaulino, na arquibancada do Morumbi). Leivinha marcou um golaço de cabeça e o Armandinho anulou afirmando que fora "mão do jogador". La mano invisible, certamente, que só ele viu...

Acredite se quiser: Brasil está mais caro que os EUA

De acordo com dados divulgados pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), tendo por base o PIB de seus 187 países-membros, o custo de vida do Brasil superou o dos Estados Unidos em 2011, quando medido em dólares.

Trata-se de uma brutal dsitorção para um país emergente. Segundo o mesmo estudo, em uma lista de 150 países em desenvolvimento, o Brasil é o único cujo custo de vida supera o americano em 2011, o que significa dizer que é o mais caro em dólares de todo o mundo emergente.

Portanto, cada vez que vc pagar uma conta de telefone - fixa ou móvel - e achá-la um absurdo, vc está certo (a) de reclamar. Se ficar indiganado (a) com o preço e a má qualidade dos serviços, estará mais que certo (a), o que não dá, mesmo, é para ficar quieto (a).

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Órgão criado para fiscalizar é suspeito de irregularidade ...

NOTÍCIA (portal do Estadão, quinta-feira, 11/01/12)

Uma nova compra milionária feita pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) está gerando novas suspeitas entre os integrantes do próprio órgão. Depois de adquirir um sistema de banco de dados no valor de R$ 86 milhões por meio de concorrência colocada sob suspeita, o CNJ comprou, no apagar das luzes de 2011, uma sala-cofre de R$ 8,69 milhões sem licitação.

Essa sala-cofre foi comprada no dia 29 de dezembro e será instalada, conforme o CNJ, no prazo de 150 dias. Nessa sala serão guardados os equipamentos que foram adquiridos na licitação feita no ano passado também a toque de caixa. Operação que, de acordo com a IBM, que tentou impugnar o edital, sofria de "grave direcionamento" e fatalmente levaria o CNJ a comprar produtos da Oracle, o que se confirmou ao final do processo.

Por conta dessa licitação e das críticas que fez à compra, o diretor do Departamento de Tecnologia e Informação do CNJ, Declieux Dias Dantas, foi exonerado. Integrantes do CNJ dizem considerar no mínimo suspeita a nova compra. Um dos conselheiros classificou como "assustador" esse processo de compras no Conselho. Diante de todas as suspeitas, o assunto deve ser discutido publicamente na primeira sessão deste ano do CNJ. No próximo dia 26, os conselheiros se reúnem para votar o orçamento de 2012 do órgão.

COMENTÁRIO

Eu juro que tento fugir de temas como corrupção e denuncismo - porque isto já cansou muita gente, mas ô coisinha difícil... Resisti ao "banco de apostas" do futebol, que , segundo notícias desta semana, movimentaria US$ 500 BILHÕES / ano. Com isto, manipulam-se resultados de jogos de futebol mundo afora, em suas primeiras e segundas divisões.

Hoje, abrindo o jornal e sites principais de minha leitura, me deparo com notícia dando conta de uma suspeita de irregularidade do CNJ que, diga-se de passagem, é o órgão CRIADO para FISCALIZAR O JUDICIÁRIO...

Devemos confiar em quem então ???